Sign in / Join
sanidade mental

Sanidade Mental: 3 dicas para cuidar da mente em tempos de pandemia

Não menos importante que a saúde física, a mente merece cuidados especiais nesse momento de mudanças constantes que estamos vivendo. Ela é a principal responsável pelas atitudes e comportamentos. Então, se queremos ter boas experiências e hábitos saudáveis nesse momento incerto, é importante cuidar também dos pensamentos. 

Nesse texto, compartilho três inspirações para você praticar hoje mesmo e garantir o cuidado mental que você precisa em tempos de pandemia. Vamos lá!

  1. Filtre o que você absorve: A quantidade de informação e notícias que recebemos é cada vez maior. Diariamente, números e dados são gerados informando os avanços da Covid-19, como o aumento de infectados, os impactos nos hospitais, na economia, etc. Quando essas informações negativas dominam a mente humana, automaticamente o sentimento é de medo, insegurança e as atitudes decorrentes acabam não sendo tão assertivas. Ao mesmo tempo em que relatos de eventos ruins chegam, muitos acontecimentos bons são propagados também. Não é sobre negar a realidade e os impactos desafiadores que a pandemia está trazendo, mas é sobre fortalecer a mente de bons exemplos e usar todas essas informações para promover soluções dentro do seu contexto. Não podemos dominar o vírus, mas podemos dominar nossa mente e nossas atitudes.  Por isso filtre aquilo que você permite entrar na sua mente e escolha aquilo que deverá ficar e nortear seus sentimentos e atitudes. 
  1. Viva o momento presente: Diante de um passado que não se pode mudar e de um futuro que não se pode prever, a escolha mais consciente é viver de forma profunda o momento presente. Dentro dos estudos da *psique humana já está mais do que provado que estar preso ao passado é um dos maiores causadores da depressão e que colocar muita energia no futuro é um prato cheio para distúrbios de ansiedade. Sabe-se também que o presente não vivido em equilíbrio e com a influência de *inputs negativos é o grande causador do estresse. Por isso viver o momento presente com a consciência plena e o foco em soluções é um dos responsáveis pelo cultivo da sanidade mental.    
  1. Exercite o pensamento positivo: Nossa mente não sabe distinguir aquilo que é real ou não. Ou seja, quando trazemos uma informação para nosso cérebro, ele aceita facilmente aquela mensagem como verdade. Por isso, se você alimentar sua mente com pensamentos negativos, essa será a sua verdade criada: um momento de pandemia, devastador e sem esperança. Ao passo que se alimentarmos a mente com a fé, as perspectivas positivas aumentam e a esperança começa a transbordar nos preenchendo de sentimentos positivos também. Aquilo em que você foca expande, portanto cultive apenas os bons pensamentos.

Acredite, tudo isso que estamos vivendo é passageiro e cada desafio e aprendizado tem um papel significativo na história da evolução humana. Quando perceber que sua mente está sobrecarregada, respire fundo, oxigene seu cérebro e escolha os melhores pensamentos que sua mente é capaz de criar. Com certeza se realizarmos esse exercício coletivamente passaremos por esse momento de forma muito mais assertiva. 

*psique: refere-se à mente. 

*inputs: aquilo que é permitido entrar. 

Danielle Fausto

Coach na Floravita. Formada pela Sociedade Brasileira de Coaching com certificação Behavioral Coaching Institute e Practioner em Programação Neurolinguística pela OTP. Trainer e Analista Comportamental pelas ferramentas PROFILE e DISC, especialista em Gestão Empresarial pela UFPR tendo formação também em Administração de Empresas, pela mesma instituição. Atuante no tema Desenvolvimento Humano há 12 anos, desenvolve projetos de Mentoria e Coach de Carreiras de Impacto e liderança. Além de Coach é autora do E-book "Encontre seu Propósito de Vida" e da metodologia “Canvas do Propósito”, e também coautora do livro Coaching de Carreira, projeto onde participa com o capítulo Carreiras de Impacto.  Em 2015, recebeu premiação Ouro, na categoria Gestão de Pessoas do HSBC Bank Brasil. Em 2016, foi convidada para participar do Programa Young Leaders of the Americas Initiative (YLAI), uma iniciativa do presidente norte-americano Barack Obama, e em 2017, da Rountable organizada pela Obama Foundation e presidida pelo próprio presidente Obama para o desenvolvimento de líderes empreendedores da América Latina e Caribe, com iniciativas de impacto sistêmico e social. Em 2017, foi finalista do Prêmio Empreendedora Curitibana na categoria MEI.

Deixe uma resposta